Trek MachuPicchu 13/05/2010

Montanha Salkantay. Um dos nossos destinos

Hoje vamos iniciar o nosso Trek, que até este momento ainda não sabamos a distância que vamos percorrer…(se soubessemos não teriamos entrado nessa aventura).

Levantamos muito cedo, 04h15min. Nosso guia passou no hotel, fomos os primeiros do grupo e fomos passando em varios hoteis para pegar os demais membros do grupo, ajudante de cozinha, cozinheiros, carregadores, mais um guia, ajudante , etc…

Esta muito frio e imagino que a noite sera muito mais. Deixamos Cusco muito cedo, antes das 05h30min e pegamos uma carretera. Quando amanheceu, a foto ao lado mostra a nossa vista. Linda! Alem das montanhas tinhamos penhascos e rios para embelezar.

Montanhas no Peru

 No caminho, os povoados são muito pobres, as casas são de barro, a pratica da agricultura é artesanal e as pessoas são muito simples.

Apos chegarmos ao ponto de partida, tomar café, foi dada a largada. Ja eram 09h da manhã. A temperatura estava agradavel. No ponto de partida estavamos a 2.900 m.s.n.m e o povoado se chamava Mollepata.

Até a parada para o almoço em Cruzpata ja tinhamos subido 500 m em relação ao nivel do mar.

A comida do almoço era muito boa ( ou a fome era gigante), para terminar mais um chá de coca para ajudar. Voltamos para a estrada, que ficou pesada apesar de ser toda em carreteiras.

Nesta tarde, ficamos para o final da fila. Foi ficando frio, minhas mãos gelaram apesar das luvas e eu só queria chegar no acampamento. Como temos dois guias, um dita o ritimo e vai a frente e o outro fica no final para garantir que ninguem se perca. O grupo tem 20 pessoas: brasileiros, americanos, franceses, argentinos, ingleses e israelenses.

Cruzpata. Vista logo apos o almoço do primeiro dia.

Quando chegamos ao acampamento ja tinha anoitecido. As barracas ja estavam montadas e o jantar estava sendo preparado. Banho quente..nem pensar. Estava tão frio que não dava nem vontade de ir ao toalete nesta noite. O lugar se chama Soraypampa e comparado com o nosso ponto de partida, ja estamos a 3.900 m.s.n.m. Subimos 1000 m em um dia. Ja da para sentir os efeitos da altitude.

Acampamento Soraypampa. Muito cedo e muito frio.

Para mim o primeiro dia foi bem, mas o Marcelo começou a reclamar de dores no peito, cabeça, pernas, etc. Efeito da altitude.  No acampamento estava muito frio e o dia tinha sido puxado, caminhamos 19 Km. Só queriamos cama quente. jantamos e fomos dormir cedo. Felizmente a barraca estava protegida do vento e conseguimos nos aquecer rapido. Nesta noite juntamos os sacos de dormir para ajudar a manter o calor, mas mesmo assim não dormimos muito bem. Nossa primeira noite nas barracas foi aos pes de um deslumbrante monte nevado. A temperatura na madrugada foi por volta de -4Cº.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s