Petra – Jordania

Oasis no caminho entre Jerusalem e Eilat

Ir a Petra não estava nos meus planos, mas estando tão próximo não podiamos perder a oportunidade. O local é incrivel, assim como muitos outros que visitei nos ultimos dias. De Jerusalem é posssivel ir a Eilat, a ultima cidade ao sul de Israel. Em Eilat é possivel fazer a travessia para a Jordania ou para o Egito. Na cidade se consegue o visto imediato.

Mar Morto

De onibus de Jerusalem  são 4 horas, com uma vista exotica. Metade do caminho, ao lado esquerdo temos o Mar Morto e ao lado direito, 100 % do tempo, montanhas, desertos, pedras, mais montanhas, uma previa de Petra.

Mar Vemelho e ao Fundo a cidade de Aqaba na Jordania

Eilat é uma zona franca, sendo possivel comprar eletronicos muito mais baratos que em Jerusalem. A Cidade e muito pequena, com tudo proximo, e o melhor, uma vista maravilhosa do Mar Vermelho. A temperatura é altissima. É possivel ficar na praia até as 20h e ainda esta marcando 30 graus no termometro. Imaginem no verão, deve ferver. A brisa é quente, se é que podemos chamar isso de brisa. Apesar do local viver de turismo, e de que Israel ter três linguas oficias, quase nada em cardapios ou placas está em Ingles. Only hebraico ou árabe. Tambem é possivel vir de avião, mas ai qual a graça da viagem.

Ficamos em um hotel muito bem localizado, proximo da estação de onibus ao lado aeroporto, shopping, praia, cafes…tudo muito proximo, o C Hotel. A cidade tambem oferece mergulho como atrativo para turismo, alem de SPAs, compras baratas, mar vermelho e muitos outros passeios.

As empresas de turismo que oferecem os pacotes levam os turistas ate a fronteira. Fizemos a saida de Israel, cruzamos a fronteira, visto de entrada na Jordania e o outro guia nos recebe fora dos portoes, ja em territorio Jordaniano. Daqui ate Petra são 2 horas de carro. A vista tambem é exotica, com desertos, muitas montanhas e muito calor. As pessoas são muito simpaticas. No mesmo carro estão um casal de americanos, um casal e mais um argentino. Todos muito animados.

Recebemos as entradas e fomos ao parque. Agora são 12 pessoas no grupo. É muito lindo. São 4 horas de caminhada percorrendo parte da cidade e ainda a volta. Com este tempo não é possivel passar em todos os sitios. Sem falar no calor do local. O passeio foi feito entre 11h e 15h. Sol a pino, quase nada de sombra e muita luz. Muitos turistas maravilhados. Imaginem um lugar em que tudo é feito de pedra, com muitas corres. Em cada templo ou caverna uma nova surpresa. Alguns locais as paredes parecem feito de bolo marmore ou de sorvete. O efeito visual é incrivel.

No retorno, sem o guia, com menos turistas, ainda da para curtir o silencio do local e imaginar as caravanas de mercadores entrando nos portões da cidade com suas mercadorias para vender, ou somente desejando uma noite de sono segura.

Não sei se voltarei a este local para visita-lo novamente.  Valeu a pena.

 Agora só uma Tuborg gelada e um almoço, regular, por favor.

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s